Roteiros de Leitura

Não há momento mais propício para iniciar seus estudos do que o AGORA! Certamente, você tem algum assunto que sempre quis conhecer melhor, mas nunca soube por onde começar, não é mesmo?

Então, deixe-nos lhe ajudar! Elaboramos alguns roteiros de leitura especialmente para quem deseja embarcar em aprendizados nunca antes navegados!

Gostou? Sendo assim, basta só rolar abaixo e seguir as nossas indicações. Boa leitura!

Para aprender Hebraico

Ler Hebraico em uma hora

Recomendamos, como primeiro passo, o CD ROM Ler Hebraico em uma hora nos ensina a ler em hebraico em lições passo a passo, curtas e objetivas. Desenvolvido especialmente para a língua portuguesa, possibilitará que você leia as Escrituras a demais textos sagrados no original Adapta-se para diferentes pronúncias: Sefaradi, Ashkenazi, e Yídish. Ensina a recitar o Cadish de forma interativo Apresenta as regras de leitura do Sheva. Vocabulário com mais de 60 palavras. Excelente para Bar-Mitzva.


Hebraico Fácil - Livro + 3 CDs de áudio e 1 DVDDepois, sugerimos aprender pelo método Hebraico Fácil. Curso audiovisual, composto de livro, 3 CD’s de áudio e um DVD, e elaborado especialmente para autodidatas que desejam adquirir uma base sólida para ler, escrever e compreender o idioma hebraico, utilizando a “inteligência auditiva” do leitor. Agora também com arquivos para download!


Mais pra frente, você vai precisar de um bom DICIONÁRIO!

Recomendamos o Dicionário Prático Bilingue Português-Hebraico / Hebraico-Português, recentemente reeditado e publicado em acordo com a nova ortografia:

Dicionário Prático Bilingue Português-Hebraico / Hebraico-PortuguêsEdição brasileira, bicolor, revisada e atualizada ortograficamente. Mais de 50.000 palavras e expressões de uso frequente e linguagem coloquial. Transliteração completa para uma correta pronunciação. Notas contextuais para a precisão do significado.


Para enriquecer o seu vocabulário… 

Manual de Conversação em Hebraico (com 2 CDs) com Transliteração

Manual de Conversação em HebraicoOs 2 CDs que o acompanham propiciarão uma boa e correta pronúncia. A finalidade deste livro é ajudar estudantes do idioma e turistas em viagem a Israel a lidar com todo tipo de situação da vida cotidiana em Israel. Fornece expressões do idioma hebraico falado – em 3 versões: hebraico, português e na forma transliterada. Agora também com arquivos para download!


O TALMUD ainda não foi traduzido ao português… mas está sendo, aos poucos!

Coleção Mishná em hebraico e português - Ordem NEZIKIN Da primeira parte dele, a MISHNÁ, já estão disponíveis duas das seis Ordens.


Talmud Bavli - Berachot Completo (3 volumes)Dos 64 tratados da GUEMARÁ, que compõem o Talmud da Babilônia, alguns já foram lançados:

Tratado de Berachot (total de 9 capítulos)

  • Parte 1 (capítulos 1 a 3)
  • Parte 2 (capítulos 4 a 6)
  • Parte 3 (capítulos 7 a 9)

Disponíveis também:

Estão disponíveis ainda em português algumas obras sobre o Talmud:

Talmud EssencialTalmud Essencial, do rabino Adin Steinsaltz, é um clássico da literatura judaica contemporânea, com 320 páginas de puro conhecimento, escrito pelo “gênio” que traduziu todo o Talmud para o hebraico e revolucionou o seu estudo no século XX, que propiciará aos leitores uma ampla e profunda macrovisão do Talmud pelas perspectivas histórica, estrutural, legal, metodológica.


A Ética do Sinai

O Tratado de Avot (Pirkê Avot), um dos mais especiais e aplicáveis de todo o Talmud, apresentado em A Ética do Sinai, irá agregar lições riquíssimas ao seu dia-a-dia e lhe mostrar a forma de pensar dos sábios judeus Aqui você aprenderá a verdadeira e essência da ética judaica. Minienciclopédia de conhecimento ético-talmúdico-universal e esplêndida coletânea de máximas, aforismos e “causos” dos sábios que lutaram para que o saber milenar do judaísmo fluísse e chegasse às futuras gerações. O texto adicional dessa obra de mais de 700 páginas analisa e ilustra cada ideia, ensinamento e reflexão do Tratado de (Pirkê) Avót com dezenas – talvez centenas! – de relevantes passagens misteriosas do Talmud.

 


Depois você deve aprender como estudá-lo. Há muitos livros sobre o Talmud, mas são poucos os que possibilitam aos leitores a experiência de participar de uma discussão talmúdica e perceber a magia que se estabelece quando estes debates, ocorridos há muitos séculos e preservados intactos nos volumes desta grande obra, se revitalizam a cada vez que seu texto é estudado. É isso que Iniciação ao Talmud oferece aos leitores: provar e descobrir a metodologia do Talmud. Disponível também em e-book!


A Filosofia do TalmudA Filosofia do Talmud aborda com originalidade e perspicácia um tema bastante complexo: a maneira como a filosofia judaica clássica abrange e afeta todas as áreas da nossa vida.

O autor, rabino Samuel Belkin, ex-presidente da Yeshiva University de Nova York, define o judaísmo como uma teocracia democrática – teocracia, porque sua escala de valores é fruto da incontestável soberania Divina; democrática, porque suas leis baseiam-se na santidade da vida humana.

Partindo desta definição, ele expõe o caminho percorrido por nossos Sábios para a elaboração da Halachá, o código que regulamenta a aplicação direta ao cotidiano dos mais profundos princípios éticos e morais da Torá.



O Mais Completo Guia sobre JudaísmoPara começar, um panorama geral da história, costumes e aspectos que definem a religião e cultura judaicas. O Mais Completo Guia sobre Judaísmo traz o bê-a-bá do judaísmo e apresentando concisamente as principais obras do judaísmo – da Bíblia aos ensinamentos místicos da Cabalá-, a visão judaica sobre sexo, casamento, criação dos filhos, luto e muito mais.


Este é o meu DeusAtravés de uma linguagem direta e cristalina, Este é o meu Deus
A Maneira Judaica de Viver, – leva o leitor a um inesquecível passeio pela história dos judeus e do judaísmo – das tendas do patriarca Abrahão ao moderno Estado de Israel. De forma surpreendente, estabelece um escopo que aborda todos os tópicos essenciais da identidade judaica, tornando-a plenamente acessível, ao demolir mitos e estereótipos. Recomendadíssimo!

 


O Livro Judaico dos Porquês (vol. 1 e vol.2)E se tiver muitas perguntas, nós temos as respostas! Em uma linguagem simples e direta, o rabino Alfred J. Kolatch explica, em O Livro Judaico dos Porquês (vol. 1 e vol.2), tudo o que os judeus acreditam, como eles observam as suas festividades, qual o significado dos seus costumes e cerimônias e as diferenças entre as correntes religiosas.


O que é Cashrut? Antologia do Pensamento Judaico sobre as Leis Dietéticas Judaicas. Compilação de artigos sobre o tema da Cashrut, com o objetivo de apresentar um amplo panorama sobre como as leis judaicas da alimentação são compreendida e por que elas são respeitadas por uma parcela significativa do povo judeu. O livro permite que o leitor siga por diferentes caminhos a partir dos artigos nele compilados.


o que é respeitar o shabatConsiderado a melhor exposição sobre o Shabat, tendo sido traduzido para vários idiomas, inclusive para o hebraico, O que é respeitar o Shabat? destaca seu significado haláchico, demonstrando que a abstenção de melachá (“atividade”) em qualquer de suas ramificações é o coração pulsante e o núcleo de sua observância. Edição ricamente ilustrada..


O Livro do Conhecimento JudaicoQuer entender e comemorar todas as datas do calendário judaico? O Livro do Conhecimento Judaico é uma verdadeira enciclopédia de conhecimento judaico! Descreve e comenta com profundidade o calendário judaico – seus dias de festa e de jejum, de alegria e de tristeza -, bem como o significado de suas leis e costumes, acompanhado de rico manancial de comentários do Midrash e de ideias inspiradoras de sábios antigos e contemporâneos. É livro obrigatório em todo lar judaico!


Na espiral do tempoDeliciosa viagem pelas principais datas do calendário judaico, recheada com as inspiradoras e inigualáveis parábolas de David Gorodovits (membro do conselho editorial da Editora Sêfer), que darão aos leitores uma perspectiva plena de sensibilidade sobre o verdadeiro sentido do tempo no judaísmo. Na Espiral do Tempo é uma leitura tocará fundo na alma daqueles que buscam as eternas e profundas mensagens contidas na Torá.


Bem-vindo ao JudaísmoSe o seu interesse é a conversão ao judaísmo, sugerimos o livro Bem-vindo ao Judaísmo, do rabino Maurice Lamm. Nesta obra, o autor busca esclarecer ao candidato à conversão, ou récem-convertido, o que é o judaísmo, por que vale a pena juntar-se a ele, como fazê-lo corretamente, de acordo com a lei judaica e, finalmente, como superar problemas decorrentes desta corajosa decisão que é um antiquíssimo ritual, liberando-o de uma teia de conceitos errôneos popularmente difundidos.



…Você precisa do texto original traduzido do hebraico e da forma judaica.

Torá – A Lei de Moisés e Tanah Completo
Tenha todo o conteúdo bíblico judaico traduzido diretamente do Hebraico à sua disposição!
Tora e Tanah Completo


Torá x Tanah: Qual a diferença entre as mais importantes obras judaicas?

Qual a diferença entre torá e tanah

Neste vídeo, o professor Jairo Fridlin, fundador e editor da Editora e Livraria Sêfer, responde diversas perguntas que recebemos nossos clientes todos os dias!

ASSISTA


EIniciação ao Estudo da Toráxiste, sim, uma metodologia judaica para se estudar a Torá, e é isto o que Iniciação ao Estudo da Torá apresenta através da tradução literal do comentário de Rashi sobre uma das porções semanais da Torá, acrescida de notas explicativas e ampliada por comentários de ilustres exegetas judeus de várias épocas. É dirigida aos que almejam aprender e enriquecer suas vidas com os ensinamentos da Torá, que há séculos alimentam generosamente intelecto e espírito. Disponível em versão eBook.


O que a Torá quis dizer com este versículo? Que lições podemos aprender de suas palavras e aplicar em nossas vidas?

Há muito o que aprender sobre o texto da Torá, camadas e mais camadas de conhecimento. Mergulhe fundo!

Par Parashá da Semana (Torá Hoje e Reflexões sobre a Torá)A cada semana lemos uma porção da Torá e a ideia é que seus ensinamentos nos iluminem e orientem. Os livros Torá Hoje e Reflexões sobre a Torá, cada um em seu estilo, apresentam ideias e reflexões pertinentes ao mundo e aos dias que vivemos.


Além destas sugestões, é possível ler e estudar análises e exegeses escritas em português:

Ecos do Sinai

O rabino e historiador Berel Wein escreve semanalmente no Jerusalem Post sobre temas da “parashá” semanal da Torá e comenta o cotidiano de Israel. Ecos do Sinai reúne alguns desses textos que mesclam conhecimento bíblico profundo, mas de leitura agradável, com insights para o homem moderno de qualquer religião.


A Cabalá não é um livro, é um tema, um assunto. Mais do que isso, é uma forma de enxergar o mundo!

Para quem é INICIANTE, escolha duas ou três destas obras:

Par Místico para Iniciantes
(3 Dimensões da Kabalá e Tamareira de Devorá)

Antigamente, só se podia estudar a Cabalá com no mínimo 40 anos de idade, pois supunha-se que, nessa idade, a pessoa estaria mais bem preparada para esse desafio. Hoje, quando cada vez mais cedo as pessoas se aproximam dessa matéria, é fundamental que pelo menos elas comecem essa jornada com o pé direito, ou seja, que comecem pelo começo, pelos fundamentos e conceitos básicos que as acompanharão no decorrer dos próximos anos. Conheça os princípios da sabedoria da cabalá de maneira clara e compreensível.


Trio Místico David Aaron
(Luz Infinita, Enxergando Deus e A Vida Secreta de Deus)

Três obras do mesmo autor, introduzem ao iniciante o antigo caminho da Cabalá rumo ao amor, crescimento espiritual e força pessoal. À luz da Cabalá, encontre as respostas para “Quem sou eu? Qual é o propósito da vida? O que preciso fazer para amar e ser amado?” Diferente de outros autores, que muitas vezes são acadêmicos, abstratos e sem qualquer ligação com os desafios e as preocupações do dia a dia, Dadid Aaron oferece um guia prático e intelectualmente instigante que ilumina o caminho de seus leitores.


Para quem é INICIADO, estas são as obras místicas mais profundas do judaísmo. Prossiga com atenção e cautela…

O Rabino Aryeh Kaplan expõe seu vasto conhecimento nesta coleção: SEFER IETSIRÁ – Explora a dinâmica do domínio espiritual, os mundos das Sefirot, das almas e dos anjos. MEDITAÇÃO E CABALA – Demonstra como muitas técnicas meditativas consideradas avançadas já eram usadas pelos antigos cabalistas judeus. IMORTALIDADE, RESSURREIÇÃO E IDADE DO UNIVERSO – Contrapõe ensinamentos antiquíssimos às mais recentes descobertas científicas.


Sêfer ha-Zohar (Livro do Esplendor) apareceu na Espanha no fim do século XIII e é a obra literária mais importante da Cabalá, a tradição mística judaica. Como diz Gershom Scholem, um dos maiores especialistas nessa área, nenhuma outra obra “teve uma influência e um sucesso sequer aproximadamente similares ao seu. […] uma fonte de doutrina e revelação igual em autoridade à Bíblia e ao Talmud, e com o mesmo grau canônico: o que é uma prerrogativa que não pode ser postulada por nenhuma outra obra da literatura judaica.”

O Zohar foi escrito na forma de uma longa novela em que grandes rabinos do século II discutem e explicam os segredos dos cinco livros de Moisés (a Torá) e de outros livros das Escrituras Sagradas. Dentre esses grandes rabinos, destaca-se a figura de Shimon ben Yochai, um dos maiores santos da história do judaísmo.


O Zôhar é um trabalho pseudoepigráfico considerado pelos tradicionalistas uma revelação de Deus ao Rabi Shimon bar Iochai e seus discípulos. Escrito parcialmente em aramaico e parcialmente em hebraico como um comentário sobre o Pentateuco, contém um sistema teosófico completo, e aborda assuntos como: a natureza de Deus, cosmogonia, cosmologia, alma, pecado, redenção, bem e mal.

O livro apareceu pela primeira vez no século XIII, na Espanha, e foi difundido pelo cabalista Moisés de Leon. Foi ele quem atribui o livro em sua posse ao sábio do século I, o Rabi Shimon bar Iochai. No entanto, logo de início esta hipótese foi refutada por algumas pessoas.

A difusão do Zôhar entre os judeus se deu de forma rápida e impressionante. Cinquenta anos após o seu surgimento, o texto já era citado por muitos cabalistas, que não podiam crer que um livro desses fosse obra humana, e que certamente se tratava de um livro de inspiração divina e que, portanto, podia ser colocado no mesmo nível da Bíblia.

Até mesmo judeus pouco inclinados ao misticismo, filósofos, autoridades rabínicas e juízes preocupados com a letra da lei chegaram a considerar o livro como fonte sagrada e o utilizaram para definir questões normativas da religião. Esta coleção contém os 7 volumes disponíveis com as traduções dos textos integrais do Zôhar.