Calendário Judaico Estudos Bíblicos

BERESHIT, o relato da Criação do Universo

Neste sábado 26/10, inicia-se um novo ciclo anual da leitura da Torá (Pentateuco), e o tema será o Gênesis – o relato da Criação do Universo.

Os três primeiros versículos da Torá são talvez os mais conhecidos de toda Bíblia Hebraica, e provavelmente os menos compreendidos. Na obra DECIFRANDO A CRIAÇÃO, com mente e coração abertos, o Rabino Yossef Bitton faz uma profunda e sofisticada imersão, e, apoiado nas fontes clássicas judaicas e nos dados correntes da Ciência moderna, oferece ao leitor uma visão ousada e original das palavras iniciais do Gênesis.

Entre os assuntos analisados estão as coincidências e as diferenças entre a Teoria do Big Bang e o relato bíblico da Criação, as inexploradas consequências da Criação ex nihilo nihil fit, as controvérsias envolvendo a idade do Universo, o estado do nosso planeta durante sua criação, as forças naturais usadas pelo Criador para recondicionara este mundo e o enigma da natureza da luz primeva.

O Rabino Bitton enfatiza a importância de se compreender de modo preciso o texto da Bíblia Hebraica e a analisar meticulosamente cada palavra desses três versículos conforme as explicações dos Sábios do Talmud e comentaristas clássicos da Torá. À luz do conhecimento científico atual, torna-se possível apreciar como nunca antes a beleza e sofisticação do relato bíblico da Criação.

Na obra DECIFRANDO A CRIAÇÃO DA VIDA, o autor também se concentra na análise de três versículos do Gênesis (1:20-22) que apresentam uma nova etapa na história da Criação – a criação da vida –, e faz uma comparação entre o relato bíblico da origem da vida e o que a Ciência diz sobre este tema, sem que, ao estabelecer esta comparação, sua visão seja apologética, pois Ciência e Torá emanam de pontos de partida completamente diferentes, pois o da Bíblia assume que Deus é o Criador do mundo, enquanto a Ciência moderna não admite um ato de Criação, embora não possa provar que isto não tenha ocorrido.

O autor apresenta os dois tipos de Criação encontrados no primeiro capítulo do Gênesis: as que são unívocas e cujos eventos não se repetem, e as que dão início a um ciclo que prosseguirá numa sequência de acontecimentos “naturais”, e que levarão os leitores a entender um pouco mais sobre a origem da vida no nosso planeta, passando inclusive pela possível localização dos dinossauros nos versos da Torá.

Comentário